Netflix, uma das grandes salvadoras do nosso tédio! Muita gente passa horas assistindo vários episódios seguidos, então sugestões novas são sempre boas, né? Para você, que não sabe muito bem o que fazer nesse final de semana em casa, vou sugerir 5 séries que você talvez ainda não tenha visto, mas que podem divertir seu dia.

1. Dark

Uma série alemã que foi lançada ano passado na Netflix. O público recebeu bem a série, o que fez com que ela fosse renovada para a segunda temporada. Em uma cidade alemã, acontece o desaparecimento de um adolescente e uma criança. Enquanto a polícia tenta desvendar o que aconteceu, acompanhamos vários núcleos familiares e como as pessoas dessas famílias se conectam de formas diferentes. As coisas ficam mais complicadas quando o corpo de uma criança aparece perto da cidade, mas não é o de nenhum dos dois jovens desaparecidos.

Assisti a série toda em um dia só. Ela não é perfeita, os personagens são um pouco apagados, o que até chega a dificultar que o espectador consiga identificar quem é quem, mas a medida que os episódios vão passando, o público se acostuma. Os pontos positivos da série ficam com as reviravoltas e toda a trama de viagem no tempo. Não é spoiler, o primeiro episódio já te apresenta essa premissa, e a forma como a série aborda isso é bem interessante.

A série termina com algumas pontas soltas, eu inclusive acho que Dark começa melhor do que termina, mas ela prende a atenção e apresenta coisas bem interessantes que vale a pena dar uma conferida.

2. Crazyhead

Lançada em 2016, é uma série que mistura comédia e terror. Crazyhead tem uma temporada curta, mas muito divertida e muito fácil de assistir tudo de uma vez. Amy é uma jovem que descobre que pode ver e lutar contra demônios. Junto com sua nova amiga, Raquel, elas tentam balancear a necessidade de ter uma vida normal junto com as missões que aparecem no caminho.

Particularmente, não sou muito chegada em filmes ou séries de comédia, mas Crazyhead é tão divertida que foi difícil não maratonar. É uma história que sabe trazer os elementos de terror junto com as piadas, misturando temas mais densos com um tom leve. As duas protagonistas também são incríveis, principalmente quando estão em cena juntas.

Fico triste de não ter uma segunda temporada, há coisas levantadas pela história que seriam muito interessantes e divertidas de continuar assistindo. De qualquer forma, vale a pena dar uma chance para Crazyhead.

3. The Shannara Chronicles

Quando pensamos em séries de fantasia, o estilo de alto orçamento de Game of Thrones vem automaticamente na nossa cabeça. Mas, às vezes, os fãs de fantasia querem curtir uma história que não precise ter grandes efeitos. Muitos anos no futuro, quando a tecnologia desapareceu e a magia voltou, elfos, humanos e outras raças precisam viver juntas. Após anos de paz depois de muitos momentos de guerra, demônios começam a invadir as Quatro Terras.

Mesmo sendo no futuro, a série preenche o espaço de histórias de fantasia medieval por causa das raças e de como a magia funciona. Não é uma história que acerta sempre, mas além de ser divertida, as interações entre os personagens e reviravoltas tornam a série mais interessante. Mesmo eu tendo um problema sério com o final da primeira temporada, estou muito curiosa para ver o que eles vão fazer em seguida.

A Netflix tem a primeira temporada em seu catálogo para quem ficou com vontade de dar uma conferida!

4. Alias Grace

Uma das séries que eu mais gostei do ano passado, Alias Grace é outra bem curta, apenas com seis episódios. A história é baseada no livro de Margaret Atwood, a mesma autora de O Conto da Aia. Grace foi condenada à prisão perpétua por assassinato e agora, anos depois, está sendo avaliada por um psiquiatra.

A medida que Grace vai contando a história, vamos acompanhando suas memórias, sempre com a noção de que Grace pode estar modificando alguns fatos com a sua narração. Como as obras de Atwood costumam ser, há muitos temas atuais na história, mesmo que essa fale sobre um caso que aconteceu há anos atrás. Nunca sabemos com certeza o que Grace fez, mas a série é tão bem produzida que isso é o de menos.

Não é uma série fácil de assistir por conta dos temas pesados, mas Alias Grace é muito bem produzida e com uma história muito bem feita.

5. Dear White People

Muitas pessoas viram na época que saiu, eu sei, mas não o suficiente e acho que sempre vale a pena recomendar uma série tão boa, com assuntos tão pertinentes. Com 10 episódios de 30 minutos, a série é baseada no filme com o mesmo nome. Vemos inúmeros personagens negros tendo que lidar com o preconceito dentro de uma universidade dos Estados Unidos onde a maioria dos alunos são brancos.

Além do roteiro ser muito bem escrito e amarrado, os persoangens são muito interessantes, lidando com suas vidas e sendo afetados de formas específicas. O preconceito acontece de várias maneiras diferentes, a série é muito boa em mostrar isso e focar nas críticas que precisam ser feitas. Por causa disso, Dear White People acabou recebendo muito ódio na internet, apenas provando a necessidade desses assuntos serem discutidos.

Talvez essa seja uma das que mais vale a pena assistir atualmente na Netflix.