O plano inicial era postar de três em três meses, mas infelizmente eu acabei me atrasando nas dicas de lugares legais em São Paulo. Mas prometo não decepcionar! Hoje eu venho pra falar de três lugares bem diferentes um do outro: O Parque da Cantareira, O Cooked Burger e o mais recente amor verdadeiro, o Top Hot.

Algumas coisas mudaram na minha vida desde o primeiro post, a principal delas é que eu agora não moro mais no centro de São Paulo. Além de mudar algumas coisas da minha rotina diária, essa mudança me fez descobrir lugares novos (pelo menos pra mim). Então espero que vocês curtam as dicas!

3. Trilha da Pedra Grande – Parque da Cantareira

Não precisa não morar no centro para vir ao Parque da Cantareira, mas coincidiu de um amigo me convidar para fazer a Trilha da Pedra Grande poucos dias depois da minha mudança. Eu topei e quase morri – mas foi muito legal!

São 9,6km entre ida e volta, subida e descida. E olha, é uma subida considerável. No site do Governo de São Paulo ela está listada como dificuldade alta – o que quase me fez desistir. Mas o caminho é todo asfaltado, ou seja, é bem mais tranquilo do que uma subida mata à dentro. Além disso é muito gostoso caminhar no meio de um monte de mato, e a visão lá de cima é bem bonita e recompensante.

Durante o caminho você ainda tem a oportunidade de encontrar um monte de bichinhos bonitos pendurados nas árvores ou atravessando a estradinha – mas não te mete a encostar neles! Além de ser melhor não perturbar, vai que você encosta numa taturana fofa porém venenosa?

Aconteceu uma coisa engraçada durante a subida: nós quase pisamos numa cobra Coral! Não precisa ficar desesperada ainda, ao que tudo indica, a cobra tava bem acostumada com o fluxo de pessoas e teve um total de nenhum interesse na gente. E olha que ela bem que podia ter tido, passou bem no meio das minhas pernas, entre uma passada e outra.

Ah! Eu não tive forças pra continuar, mas além da Pedra Grande tem umas um passei para se fazer por lá, você pode continuar a trilha até o Lago das Carpas! O ingresso da trilha custa 14 reais, 7 a meia estudante (e eles só aceitam dinheiro)!

Se você ficou interessada:

Parque Estadual da Cantareira – Núcleo Pedra Grande

Localização: Município de São Paulo

Endereço: Rua do Horto, 1799

Distância: 10 km da Praça da Sé

Acesso: Marginal Tietê / Av. Eng Caetano Álvares / Rua Voluntários da Pátria / Av. Santa Inês / Av. Luís Carlos Gentile de Laet / Rua do Horto

Extensão: 9,6 km (ida e volta)

Perfil altitudinal: 848m – 1.048m

Percurso: 3 horas

Piso da Trilha: asfalto, terra e cascalho

 

Desde que saí da casa dos meus pais e fui morar em uma “cidade grande” passei a ir sozinha à lugares onde normalmente se vai em grupo. Infelizmente, por ser mulher, a experiência de ir sozinha à um lugar badaladinho nem sempre é positiva. Mas o Cooked Burguer é o oposto!

A casa tem uma decoração muito bacana num mix década de 80/neon com grunge/década de 90, e possui espaço interno e externo. Poltronas e banquinhos fazem as vezes das tradicionais mesas e cadeiras, e o refrigerante é servido direto da garrafinha de vidro (KS). O cardápio da casa tem desde o mais tradicional e simples, o Fininho, até coisas mais elaboradas como Fodástico – o nome dos lanches são um atrativo à parte. Ah! E tem veggie também! Tudo isso com um preço bem bacana e com muita qualidade!

Mas o que mais me chamou atenção na casa foi o fato de que senão todos, mas a maioria dos funcionários da casa são mulheres. Já estive por lá três vezes, numa delas fui sozinha, sentei no balcão e comi por alí mesmo. O atendimento é sempre incrível, um ambiente em que você não só se sente bem, mas onde se sente segura. Fiquei feliz demais com esse achado – e provavelmente virei cliente fixa.

Se você se interessou:

Cooked Burguer

Avenida Águas de São Pedro, 427

São Paulo

Terça à Domingo

18:00 – 23:00 (Sexta e sábado vai até 00:00)

 

1. Top Pot

Imagens via Google Maps

Este é o meu mais recente amor verdadeiro. O Top Hot abriu não faz muito tempo, fica pertinho do coração do Bairro Liberdade, e serve alguns pratos típicos asiáticos, mas o principal chamariz é o Hot Pot. Ele vai cair como uma luva para as noites de inverno que se aproximam. Mas tem que chegar cedo, pq a casa fecha mais tardar às 21:30!

Caso você não saiba o que é o Hot Pot, ele é um prato chinês que consiste numa sopa quente com diversos ingredientes típicos asiáticos. O cardápio traz 8 opções de Hot Pot, mas eu sou apaixonada pela de Kimchi, que é super apimentada e fica maravilhosa com um pedido extra de milho. O mais legal é que o preço é bem junto pra quantidade de comida e sabor que você recebe! Amor verdadeiro e pra vida toda.

Cada opção tem uma sopa base diferente, a de Kimchi é à base de caldo de osso de porco (tipo um mocotó), mas se você é vegana – não tem sofrimento! Lá também tem a opção para quem não come carne, com sopa à base de vegetais. É amor puro. Além da sopa vem junto o arroz (MISTUREM COM A SOPA) e uma saladinha muito saborosa! Caso você, ou um amigo, não curtam a idéia do Hot Pot, sem problemas. A casa também tem outras opções! 😉

Se interessou?

TOP POT

  1. da Glória, 288 – Liberdade, São Paulo – SP, 01510-000

Terça à quinta: 11:30-14:30, 18:00-20:30

Sexta: 11:30-14:30, 18:00-21:30

Sábado: 11:30 – 21:30

Domingo: 11:30 – 16:00

Até mais! 😉