Mais conhecido como Poinn, o ship está sendo muito falado desde o primeiro filme da nova trilogia de Star Wars, O Despertar da Força, de 2015. Ainda não sabemos se vamos ver Poinn virar canon ou não, mas a esperança é a última que morre, então por enquanto vamos deste ship.

Como sempre, esse texto terá spoilers dos filmes de Star Wars até agora.

Finn é um ex-stormtrooper que largou a Primeira Ordem em certo momento, fazendo com que ele se encontrasse com Rey. Ele foi criado para ser um soldado, nem mesmo tem nome, por isso passa a ser chamado de Finn. Com o tempo, ele vai criando uma relação com Rey e as outras pessoas da resistência, tomando a causa para si.

Já Poe é um dos primeiros membros da resistência que aparecem no filme. Ele é um piloto que esconde informações importantes em BB-8 no começo da trilogia. Poe aparece mais em Os Últimos Jedi, sempre se mantendo leal à resistência, mesmo que muitas vezes sendo arrogante e achando que sabe mais que os outros ao seu redor.

Poe e Finn não possuem tantas cenas juntos quanto nós gostaríamos. Eles gostam de colocar a mão na massa, encaram a ação, fazem planos juntos, se livram de situações ruins juntos… Talvez exatamente por todos esses momentos decisivos, mesmo que sejam poucas cenas, os fãs já viram ali uma possibilidade de casal. A cena que de fato fez a torcida ser criada foi no primeiro filme da trilogia, quando Finn vai devolver a jaqueta de Poe para ele, porém o piloto diz para ele ficar com ela, porque “combina com você”. Quem é rato de fanfic sabe muito bem que usar a roupa da outra pessoa é um clássico, e nós que shipamos não ignoramos esse fato.

Oscar Isaac já falou algumas vezes que ele acredita que algo aconteça ali, algum tipo de romance entre os dois personagens. Mas, fora isso, não há mais nada que indique que os dois são canon ou podem passar a ser. Talvez Oscar Isaac goste tanto de shipar quanto nós e também viu a chance nos dois personagens.

Muitas pessoas ficaram chateadas com a aparição da Rose no segundo filme, já que o envolvimento romântico dela com Finn é óbvio, diferente do caso de Poinn. Eu entendo as pessoas que ficam frustradas. Nós queremos nosso ship juntos e buscamos representação. Porém, isso não justifica os fãs menosprezarem e apagarem Rose da história. Primeiro porque ela é uma personagem asiática e Finn é negro, isso já faz com que eles saíam do padrão esperado. Segundo que, infelizmente, é muito comum vermos comentários de ódio contra personagens femininas porque elas estão no “meio” do ship entre dois caras, o que também revela o machismo de algumas pessoas.

No meu mundo ideal, Finn ficaria com Rose e Poe, todos concordando e sendo felizes. Mas eu sei que, se Star Wars já tem medo de colocar um casal LGBT+, não é hoje que eles vão colocar qualquer tipo de relação não-monogâmica. Então eu acho que sim, é mais possível que Finn e Rose fiquem juntos.

Seria incrível que a franquia tivesse alguma coragem de construir uma relação entre Poe e Finn. Nunca vimos um casal composto por dois homens no universo cinematográfico de Star Wars (não sei se já aconteceu no universo expandido). Muitas pessoas reclamariam, com certeza, até porque as pessoas não precisam de muito para reclamar da nova trilogia, aparentemente. Mas seria uma franquia imensa mostrando dois homens se amando, escolhendo ficarem juntos. Não acredito que Star Wars tenha planejado isso para qualquer um dos dois, independente dos fãs ou do que Oscar Isaac diga, mas bem que eles podiam considerar, não é?

Por mais que seja provável que isso não aconteça, eu ainda tenho esperança de ver algo de Poinn na tela. Rose e Finn juntos também vai me deixar feliz, mas também ficaria bem feliz, e surpresa, de ver uma franquia grande como Star Wars, com tantos fãs preconceituosos, construindo algo entre Poe e Finn. Quem shipa sempre sonha.