Há uma grande questão no fandom de Overwatch. Enquanto algumas pessoas shipam intensamente vários personagens, outros fãs se perguntam: Por que esse ship existe? Considerando que Overwatch é um jogo online, de partidas curtas e sem campanha de história, o material para os fãs não é dos maiores. Mas isso nunca foi impedimento para fã nenhum.

McCree e Hanzo começaram a ser shipados antes mesmo do jogo surgir, assim como outros ships mais clássicos do fandom. Uma coisa engraçada desse ship específico é que não há nenhuma ligação aparente. Eles praticamente não interagem nos diálogos antes das partidas, eles geralmente não se complementam em combate e nem se encontram em quadrinhos, vídeos ou qualquer histórico do jogo. Então, qual é o sentido?

Como se quem shipa precisasse de sentido. Mas eu dei uma fuçada nos confins dessa parte do fandom e acho que entendi o apelo.

Vou confessar que, apesar de shipar até certo ponto, eu nunca entendi muito bem a empolgação. O que era o detalhe que eu estava perdendo? Quando fui pesquisar sobre, encontrei outras pessoas confusas também.

É verdade. Hanzo e McCree mal conversam, não há nada no histórico deles que indiquem que eles se encontraram. Mas é importante lembrar que, quando o ship nasceu, Overwatch nem tinha sido lançado, e acho que isso é parte do motivo. A Blizzard foi muito esperta antes de lançar o jogo. Para criar um hype ao redor do novo título da empresa, eles foram dando informações dos personagens, lançando quadrinhos e curtas, deixando o fandom fazer o resto do trabalho. Isso foi uma excelente estratégia de marketing, porque as pessoas já tinham um carinho pelos personagens antes mesmo do lançamento.

Mas voltando para o ship, com as poucas informações que tínhamos, o fandom começou a trabalhar. Hanzo e McCree são da mesma faixa etária. Os dois são como se fossem “vilões” da história, mas não exatamente. Eles fizeram coisas ruins, mas estão em busca de redenção.

McCree fazia parte da gangue Deadlock. Quando ele e seu grupo são capturados pelas forças da Overwatch, McCree recebe a escolha de ser preso ou trabalhar para o lado deles. Ele escolhe a segunda opção. Ao longo dos anos, ele acredita que com esse trabalho, pode se redimir das coisas ruins que fez no passado.

Hanzo é o primogênito da família Shimada, um clã assassino que comete crimes há anos. Ele recebe a missão de “dar um jeito” em Genji, o seu irmão mais novo, por não estar se comportando da forma que a família acredita que ele deve. Quando Genji se recusa, Hanzo o mata. No final das contas Genji não morre, mas isso é outra história. O que importa é que Hanzo fica arrasado com o que fez e, depois disso, resolve ir em busca da sua redenção para conseguir sua honra de volta pelo que fez com o irmão. Fun Fact: O dublador do Hanzo é o mesmo do Zuko do Avatar.

Sentiu o padrão? Por mais que nada indique que eles se conheçam, caso isso acontecesse, é possível que os dois encontrassem algo em comum um no outro. Apesar de serem diferentes, tanto Hanzo quanto McCree entendem o que é cometer erros no passado, coisas das quais eles se arrependem, e tentar fazer melhor para o futuro. É muito fácil imaginar os dois sentando para desabafar sobre os fantasmas do passado, afinal de contas, eles entenderiam o sentimento do outro.

E quem shipa só precisa disso, uma possibilidade, um talvez que seja interessante. Quando eu conheci melhor a história de McCree, porque já sabia a do Hanzo, eu entendi o apelo na hora. Agora considerem que isso aconteceu quando ainda não tinha jogo. Essa era a única informação que os fãs tinham, então para alimentar o hype, começaram as fanfics e fanarts. Há várias artes maravilhosas de McHanzo, foi assim que eu comecei a shipar, por causa do quão incrível era o trabalho dos fãs. E pronto, nasce um ship com uma das bases mais sólidas do fandom.

Eu gosto muito desse tipo de ship. O canon não é favorável, mas só as ligações que nós fazemos tornam o casal muito mais fácil de curtir.