Gostamos de financiamentos coletivos de quadrinhos, mas vocês sabiam que o meio do RPG é cheio de projetos muito bacanas que valem a pena acompanhar? Hoje vamos te mostrar o Neo-Guanabara, o RPG Cyberpunk Tropicalia! A campanha é feita por Arthur de Martino.

Neo-Guanabara: A Cidade do Futuro é um jogo de RPG cyberpunk dos mesmos criadores de Intergalactic Lucha Libre League que usa mecânicas inspiradas em jogos como Icons, Shadowrun: Anarchy e Cortex Prime. Este RPG é focado em mini campanhas, com a ideia de que cada sessão tenha um começo, meio e fim próprio, transformando a cidade Neo-Guanabara com suas escolhas e os efeitos das campanhas. Mesmo sendo um ambiente cyberpunk, a ideia é focar em artes marciais cibernéticas. Toda a arte do livro é feita por Daniele Cruz.

Neo-Guanabara é uma cidade estado que antes fazia parte de um país maior, é um experimento de sociedade feito pela elite governadora. Vários distritos da cidade são sujos, abandonados e esquecidos. Um dos fatores mais importantes do gênero cyberpunk, de alta tecnologia e baixa qualidade de vida, é bem presente no jogo.

O jogador poderá escolher três raças para jogar:

  • Os humanos (os sobreviventes)
  • Pessoas-lagarto (os alienígenas)
  • Androides (inteligências artificiais)

Já as classes são:

  • Ciborgue – Mexem com tudo que é cibernético
  • ESPers – Usam atividades psíquicas
  • MetaMagos – Funcionam como hackers da realidade

A partir de 20 reais, você já consegue apoiar o projeto e conseguir a sua cópia do jogo. Nós estamos acostumados com sistemas que já são grandes e reconhecidos, mas é sempre interessante ver jogos menores, feito no mercado nacional de RPG, um espaço que cresce cada vez mais. Se você gosta de cyberpunk, dá uma olhada no projeto!