Undertale, também eleito como “Um dos melhores jogos do mundo” pelo Centro de Pesquisa Clarice França (ha ha ha, piadista), é um RPG lançado em 2015. Caso você seja do mundo dos jogos indie, é possível que você já conheça este jogo. Mesmo para quem não joga indies, é bem possível que ele tenha aparecido para você de alguma forma, já que Undertale foi um sucesso.

No jogo você controla um personagem, uma criança, que caiu no subterrâneo, no reino dos monstros. Obviamente, você precisa sair de lá. Undertale é conhecido por ser um jogo que te dá várias opções de lidar com um conflito. Mas eu não vou ficar falando aqui sobre como o jogo é maravilhoso (mas é, vá jogar!). Hoje nós vamos falar de ship, talvez improvável para alguns, mas ótimo de qualquer forma: Alphys e Undyne.

Como sempre, aqui nós trabalhamos com spoilers, então você está avisado!

Apesar do seu personagem não estar envolvido no ship (até porque, né, é uma criança), as suas decisões podem definir se as duas ficam juntas. Tanto Alphys quanto Undyne são monstros do subterrâneo, mas ambas são bem diferentes.

Undyne é essa figura forte, impossível de ser derrotada, a melhor guerreira de todo o mundo dos monstros. A música tema dela já remete a batalha, os outros monstros falam dela com medo e admiração. Sem contar que, quem jogou sabe, é uma das batalhas mais desafiadoras de todas. Antes do combate, ela te persegue com lanças e não é exatamente fácil fugir delas. Monstros têm medo e raiva de humanos, e Undyne incorpora tudo isso.

Há a opção de matá-la, mas se você é uma pessoa de bom coração e não está seguindo a rota genocida (julguei mesmo), você pode ficar amigo de Undyne. Sim, você pode visitar a casa dela e descobre como a armadura esconde uma personagem completamente divertida. Sem contar todo o apoio que ela te dá no final do jogo, caso vocês fiquem amigos.

Do outro lado temos Alphys, provavelmente uma das personagens mais odiadas do jogo. Mas eu adoro e entendo ela, então vamos lá. Ela era a cientista do rei Asgore, que foi mandada para fazer experimentos complicados e até certo pontos cruéis, para entender como funcionava a alma de humanos, monstros e a tal da determinação. Alphys se sente culpada, por isso se isola e faz de tudo para que as pessoas gostem dela, o que obviamente causa o efeito contrário.

Alphys é uma nerd, pouco sociável, mesmo com os tropeções, no final das contas faz tudo para te ajudar, e se não fosse ela, você não derrotaria Metatton ou atravessaria certas partes do jogo. Caso o jogador tenha paciência de ter uma amizade com ela, vai ver que ela não age dessa forma por maldade, apenas por insegurança.

É através de Alphys que o jogador descobre que existe algo entre ela e Undyne. Quer dizer, mais especificamente que Alphys tem uma crush em Undyne. O jogador pode escolher ajudá-la em um encontro, em que descobrimos que na verdade Undyne vê Alphys de uma forma muito diferente da que a cientista se vê.

Eu não gosto da ideia perpetuada por histórias de ficção de que você precisa de um romance para ver o seu valor. Entendo que a segurança de Alphys vá melhorando com a Undyne, mas construir isso de uma forma saudável passa uma mensagem positiva. De como algumas relações podem sim fazer você enxergar coisas sobre você que você mesmo não tinha percebido antes. Isso não é um problema, mas pode ser se escrito de forma abusiva, diminuindo as pessoas envolvidas, que não é o caso aqui.

Alphys e Undyne criam uma relação honesta, fofa e sincera. Parece que elas vão ser o completo oposto uma da outra, mas as interações entre as duas são muito adoráveis. Por mais que seja inesperado, há uma admiração e carinho mútuo das duas, que com o tom alegre de Undertale (se você não está matando todos os monstros possíveis) encaixa bem.

Sem contar que é divertido ver histórias e personagens que funcionem além do protagonista. Por ser um RPG, suas decisões vão acabar afetando o destino das duas. Porém, o romance delas é a história delas, que vai afetando e moldando as personagens de formas específicas, e é sempre interessante ver um universo com mais de um personagem que chame a atenção.

Alphys e Undyne é um dos ships mais fofos que eu vi em jogos, em um dos games mais maravilhosos que eu joguei. E a cena final é para abalar o coração de todos que shippam.