“Ah, mas Clarice, e a Lapis?” isso fica para outra hora. Hoje eu vou falar do ship não canon que eu atualmente mais amo em Steven Universe. Amedot, como é conhecido no fandom, é uma grande torcida minha que eu não vou desistir.

Dois avisos. Primeiro, o de sempre. Esse texto terá spoilers até o episódio 18 da quinta temporada de Steven Universe. Fica avisado caso você não esteja em dia com o desenho. O segundo aviso é que não tá valendo ser ofensivo comigo ou qualquer outra pessoa por causa de ship. Eu sei que existe a briga Amedot e Lapisdot, mas eu não tô aqui para ficar de guerrinha.

Dito isso, vamos começar.

Amethyst é uma das Crystal Gems, só que ao contrário de Pearl e Garnet, ela não conhece Homeworld, o planeta da onde as gemas vieram. Ela foi feita e criada na Terra, então de todas, ela é a que mais consegue se relacionar com Steven em relação ao sentimento de se sentir de fora e distante das coisas.

Já Peridot é apresentada como vilã. Ela trabalha para a Yellow Diamond, tentando fazer com que o cluster (drusa) dentro da Terra exploda da maneira que deve. Mas no meio do caminho, Peridot vê a Terra com outros olhos e se rebela contra Yellow Diamond, muito pela influência que teve ao conviver com as Crystal Gems.

Elas possuem personalidades que parecem diferentes, mas acabam encontrando alguns pontos em comum. Amethyst é a Crystal Gem mais engraçada e “de boa” com a vida. Ela não gosta de levar as coisas muito a sério, e isso se torna o seu escape de certa forma. Peridot é mais séria e irritada, não entende os costumes da Terra e leva as coisas muito no literal, pelo menos no começo. Por só ter servido ao seu propósito até aquele momento da vida, ela acaba sendo arrogante e não tem muita ideia de como se relacionar com outras pessoas fora da estrutura da sociedade das gemas. O que é interessante, já que Amethyst é o contrário, ela nunca viveu nos moldes da sociedade das gemas, então nunca teve o histórico que Peridot e as outras tiveram.

Quando Peridot decide ficar e tentar uma vida na Terra, além de Steven, a gema com quem ela se dá melhor é Amethyst. No começo, as duas conseguem compartilhar piadas e brincadeiras, mas Peridot não sabe diferenciar o que é uma brincadeira de algo potencialmente ofensivo. Amethyst ama brincar e fazer piadas, mas exatamente por ter um histórico diferente, ela sabe até onde pode ir sem causar mal. Peridot vai percebendo e crescendo. Boa parte dos episódios focados nela, a Amethyst está do lado.

Tirando a questão da função das gemas, as personalidades podem ser diferentes, mas se complementam bem. Porque apesar de Peridot levar o trabalho muito a sério, ela tem um senso de humor guardado ali e ela quer criar laços com as pessoas da Terra, incluindo as Crystal Gems. Por mais que ela tenha errado no começo, ela está efetivamente tentando.

De formas diferentes, tanto Peridot quanto Amethyst têm seus motivos para se sentirem de fora, mesmo em um planeta que, para as gemas, aceita como elas são. Peridot exatamente por ter esse histórico de vilã e não entender esse novo estilo de vida. Amethyst porque, mesmo vivendo na Terra desde sempre, ela é uma gema, então se sente de fora em todos os lugares. Mas Amethyst aprendeu a lidar com isso antes de Peridot, o que me dá esperança de que cada vez mais elas vão se ajudar.

Eu gosto muito do episódio em que elas tentam plantar no Jardim de Infância juntas com Steven. As coisas não funcionam como eles gostariam, mas fazer aquele lugar funcionar, transformar aquele ponto assustador em um lugar bonito é um ponto bacana de união. Amethyst por ter nascido ali, e ser um lembrete constante de como ela é diferente dos outros, e Peridot porque era através do Jardim de Infância que ela fazia seu trabalho, que agora quer deixar para trás.

Entendo que Lapisdot seja mais popular (pelo menos é a impressão que eu tenho até agora), até porque as personagens passam mais tempo juntas no dia a dia delas, mas eu acho a dinâmica de Amedot algo que pode trazer muitos pontos positivos. Exatamente por terem tantos pontos em comum e lidarem de formas diferentes.

Não apostaria que isso aconteceria em tela, muito menos uma fusão, até porque Peridot não se mostrou disposta a se fundir com ninguém. Mas eu gostaria muito de ver a relação delas ficando mais próxima e, quem sabe, afetiva. Ship é ship, a gente shipa até o final, né?