Eu não sou o tipo de pessoa que fica procurando novas bandas e músicos. Eu vivo num regime regular de trilhas sonoras, coisas que as pessoas jogam no meu colo e me agradam e nas listas que eu monto como inspiração para os trabalhos nos quais estou trabalhando. Quem me segue no Spotify sabe que no dia-a-dia eu vivo, praticamente, de trilha sonora de Doramas.

MAS, de vez em quando, eu acabo cruzando com alguma banda ou músico que me chama atenção e ganha espaço nas minhas listas. Como algumas delas eu realmente gosto basntante, resolvi começa a trazê-las aqui pra vocês. E eu começo com o Superorganism.

Superorganism é uma banda indie pop com base em Londres, mas que tem membros com origens diversas como Nova Zelândia, Austrália, Coréia do Sul, Reino Unido e Estados Unidos/Japão. A idade dos membros da banda também varia bastante – de 18 à 32 anos, sendo que a vocalista Orono é a mais nova e acabou de sair do segundo grau. Orono, inclusive, conheceu os companheiros num show da banda que eles possuíam até então, no Japão. No dia seguinte ao show Orono e sua mãe foram com os colegas ao zoológico e lá oficializaram que Orono, então com 17 anos, faria parte da banda. E assim nasceu o Superorganism. 

A história de formação da banda é bem divertida e sintomática do modo como a gente se comunicar com pessoas de todos os cantos do mundo: ela se formou pela internet. O primeiro single deles foi gravado separadamente por cada membro, em seu respectivo país, e depois mixado para dar forma a música finalAlguns dos membros da Superorganism se conheceram há dez anos num forum da internet, e aos poucos os outros membros foram se juntando até formarem o grupo.

Os clipes da banda são divertidíssimos e quase uma compilação do que é a internet hoje em dia – uma bagunça colorida e cheia de memes. Vale bastante também procurar pelas entrevistas deles no youtube, a Orono é maravilhosamente honesta e tem um humor peculiar – o que garante risadas.

Indico também o Tiny Desk Concerts deles, que tá aqui em baixo. Pra quem não conhece, o Tiny Desk é um programa da rádio americana NPR, que transmite os shows direto de um escritório e sempre tem convidados incríveis! Depois de assistir o Superorganism, sugiro dar um pulo no show do Chance The Rapper, que também é incrível.

Até a próxima!

Sobre o Autor

Roteirista com uma tendência em transformar qualquer documentário sobre abacate em uma space-opera feminista.

Visualizar Artigos